AS NOITES BRANCAS DE

ST PETERSBURG

São Petersburgo, Moscou e Zagorsk

13 a 22 de junho de 2021

Pequenos Grupos

 - Peterhof                                                                                                   ©Lilianrf-Click Travel

1º dia–13 junho–domingo–Rio de Janeiro/Paris

Comparecimento ao Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro e embarque às 15h25min no voo 443 da Air France. A partida do Brasil é livre. A Air France tem voos diários para Paris.

Legenda ©lilianrf-clicktravel

Legenda ©lilianrf-clicktravel

Legenda ©lilianrf-clicktravel

2º dia–14 junho–2a. feira–Paris/St Petersburg

Chegada às 07h40min no Aeroporto Charles de Gaulle e conexão às 09h30min no voo 1464 da AIR FRANCE para St Petersburg. Chegada no Aeroporto Pulkovo às 14h e traslado ao elegante e sofisticado BELMOND GRAND HOTEL EUROPE. Constituída por cerca de cem ilhas, e cruzada por mais de sessenta rios e canais, St Petersburg é frequentemente comparada a outra cidade marítima, Veneza, mas nunca perdendo as suas características nórdicas. É uma cidade de contos de fadas, nascida do coração de um imperador, Pedro. A cidade, em sua breve história, trocou de nome três vezes: originalmente Petrogrado, e após a morte de Lênin em 1924, Leningrado. Em 1991, após a última revolução russa, houve um plebiscito para escolha de nome e prevaleceu o original, SAINT PETERSBURG.

E tudo começou com Ivan, Pedro, Catarina e Nicolau...

Legenda ©lilianrf-clicktravel

Legenda ©lilianrf-clicktravel

Legenda ©lilianrf-clicktravel

3º dia-15 junho– 3a. feira–St Petersburg

Após a conquista da embocadura do rio Neva pelos russos, por ocasião da Guerra do Norte, uma primeira fortaleza foi erguida no mês de maio de 1703, próxima do mar, e naturalmente protegida pelo Neva. Era suficientemente pequena para ser inteiramente fortificada, não deixando espaço para eventuais inimigos. A sobriedade das sepulturas imperiais contrasta com as riquezas dos troféus suspensos nos muros. Na Catedral da Fortaleza foram enterrados o Czar Nicolau II e a família, após 80 anos da chacina em Ekaterimburg, na Sibéria. Esta manhã visitaremos a FORTALEZA DE SÃO PEDRO E PAULO e a IGREJA DE ST ISAAC. O almoço será no restaurante MANSARDA com uma belíssima vista para a Catedral. Construído por Vallin de la Mothe no ano de 1760, o PALÁCIO YUSUPOV foi reformado no final do século passado pela Princesa Zenaide Yusupov, tendo sido gravemente danificado durante a Segunda Guerra Mundial. A decoração do seu interior testemunha uma vida intensa: a pompa dos salões, a sala de jantar cuja acústica é surpreendente e impressionantemente luxuosa. No subsolo, uma entrada escondida leva a um salão onde teve fim o curandeiro dos Romanov, o lendário Rasputin. Os Czares acreditavam que o Príncipe herdeiro Alexei ficaria curado da hemofilia. Esta noite assistiremos a um espetáculo do FESTIVAL DAS NOITES BRANCAS, no Teatro Mariinski ou no Teatro Mikhailovsky.

Legenda ©lilianrf-clicktravel

Legenda ©lilianrf-clicktravel

Legenda ©lilianrf-clicktravel

4º dia–16  junho–4a. feira–St Petersburg

A história do Museu do Hermitage começa com Pedro, o Grande, que adquire várias obras de arte, entre elas David e Jonathan, de Rembrandt, e a Vênus de Tauride. Sob o reino de Catarina II, as coleções ocupavam as salas do Hermitage no Palácio de Inverno, antes de invadir as galerias do Pequeno Hermitage, que deu seu nome ao museu. Considera-se que o museu nasceu em 1764, quando o marchand berlinense Gotzkowski, a fim de reembolsar suas dívidas à imperatriz da Rússia, enviou-lhe 225 quadros destinados ao rei da Prússia Frederico II. Depois, aconselhado por outras pessoas, entre elas Diderot, Catarina II adquiriu inúmeras obras de arte, e, sobretudo, coleções completas, em Paris, Dresden e Londres. Esta manhã faremos uma visita ao deslumbrante MUSEU DO HERMITAGE (entrada uma hora antes da abertura do museu). Após o almoço no restaurante THE REPA, iremos de barco ao PETERHOF um dos mais antigos palácios de verão da região de St Petersburg, e o mais exótico deles, graças a sua excepcional localização, à beira do mar Báltico.
Esta noite assistiremos a um espetáculo do FESTIVAL DAS NOITES BRANCAS, no Teatro Mariinski ou no Teatro Mikhailovsky.

continuou com Sergey, Igor, Evgeny, Daniil...

5º dia–17 junho–5a. feira–St Petersburg

A cidade de PUSHKIN, a 24 km ao sul de St Petersburg, era a residência de verão da família imperial, dos dias de Pedro, o Grande, até os últimos anos da dinastia dos Romanov. O PALÁCIO DE TSARSKOÏE (Vilarejo do Czar) foi construído no início do século 18. Foi no ano de 1710 que Pedro, o Grande, ofereceu a sua segunda esposa Catarina, uma pequena propriedade situada a poucos quilômetros de St Petersburg. Quando a filha de Catarina I, Elisabeth, subiu ao trono, em 1741, ela não se dignou a ter uma pequena residência. Desde 1743, encarregou Mikhaïl Zemtsov de aumentar a construção original. O arquiteto Bartolomeo Rastrelli finalizou a obra, dando-lhe o aspecto atual. Almoço no restaurante PODVORE. Caso o tempo permita visitaremos o Palácio de Pavlovsk. No retorno a St Petersburg, conheceremos a IGREJA DO SANGUE DERRAMADO. Esta noite assistiremos a um espetáculo do FESTIVAL DAS NOITES BRANCAS, no Teatro Mariinski ou no Teatro Mikhailovsky.

Legenda ©lilianrf-clicktravel

6º dia–18 junho-6a. feira–St Petersburg/Moscou

Pela manhã traslado a Estação Moscovsky e embarque às 9h, na Primeira Classe do SAPSAN. O almoço será servido a bordo. Chegada na Estação Leningradsky às 12h58min e traslado ao HOTEL PARK HYATT ARARAT a poucos minutos a pé da Praça Vermelha, do Kremlin e do Teatro Bolshoi. Oito séculos e meio da história de MOSCOU, e com ela a do Kremlin, formam uma sucessão infinita de acontecimentos. A sua arquitetura é como um grande livro em que podemos ler, página por página, a história do país e de seu povo. Após o check in percorreremos o novo PARQUE ZARYADYE com suas inúmeras atrações multimídias, a máquina do tempo, e um interessante museu subterrâneo. E percorreremos as mais belas ESTAÇÕES DE METRÔ até a rua Arbat.

Legenda ©lilianrf-clicktravel

Legenda ©lilianrf-clicktravel

Legenda ©lilianrf-clicktravel

7º dia–19 junho–sábado–Moscou/Zagorsk/Moscou

Pela manhã partida para ZAGORSK, cuja maior atração é o Monastério de St Sergius, que durante 500 anos foi o maior centro de peregrinação na Rússia. Antes da revolução, a cidade era conhecida por Sergiev Posad, nome do fundador do Monastério, e a partir de 1991  retornou ao seu nome original Zargorsk, em homenagem a um bolchevista assassinado em 1919. O Monastério foi fundado em 1340 por Sergius Radonezh, que se tornaria mais tarde, o santo patrono da Rússia. O local rapidamente transformou-se em núcleo de uma colônia medieval, e em 1550 imponentes muralhas brancas foram construídas para proteger o complexo de construções. Visita ao Monastério de St Sergius, reaberto para cultos religiosos. Almoço em Zagorsky e retorno a Moscou para  visitar a GALERIA TRETIAKOV, o mais importante museu de arte nacional.

Legenda ©lilianrf-clicktravel

Legenda ©lilianrf-clicktravel

8º dia–20 junho-domingo–Moscou

Kreml, em russo, significa cidadela ou fortaleza. A cidade cresceu a partir das primeiras construções no local, durante o século XII. Depois que Moscou emergiu como o centro de um vasto império no final do século XV, o KREMLIN se tornou o símbolo de mistério e poder da Rússia e, no século XX, sinônimo de governo soviético. A visita ao Kremlin incluirá, também, os tesouros do MUSEU DOS DIAMANTES e duas catedrais. Mundialmente famosa pelas suas paradas militares durante a era soviética, Krasnaya Ploshchad -PRAÇA VERMELHA- era originalmente chamada de Torg, palavra eslava que significa mercado. O nome da praça não é relacionado ao comunismo ou a Revolução Bolchevista, e na realidade
antecede ao século XVII. A igreja com as cúpulas multicoloridas é a Pokrovsky Sobor, e foi comissionada por Ivan, o Terrível, para celebrar a sua conquista da cidade tártara de Kazan, em 1552. Conta a lenda que o louco Czar mandou cegar o arquiteto que a construiu, para se assegurar que ele não iria criar outra maravilha novamente. No interior do mausoléu está o corpo embalsamado de Lênin, que exceto por um breve período durante a Segunda Guerra quando o corpo foi transportado para os Urais, permanece no local desde a sua morte em 1924. E era do balcão do mausoléu que os líderes soviéticos assistiam às paradas. Do outro lado do mausoléu está à loja de departamentos GUM, uma das maiores do mundo.

Legenda ©lilianrf-clicktravel

E tudo terminou com Lenin, Josef, Mikhail, Boris,

Vladimir... e muita vodka, blinis e caviar

Nosso jantar de despedida será no WHITE RABBIT, 13º restaurante da lista S.Pellegrino

“A Russia é uma charada envolta em um mistério,

dentro de um enigma”

9º dia–21 junho–2a. feira–Moscou/Paris/Rio de Janeiro ou Moscou/Polônia/Minsk/Kiev

Passageiros retornando ao Brasil: traslado ao aeroporto e embarque às 15h15min no voo 1045 da AIR FRANCE com destino a Paris. Chegada no Aeroporto Charles de Gaulle às 18h15min e conexão às 23h35min no voo 442 da AIR FRANCE para o Rio de Janeiro. Passageiros embarcando para KIEV, UCRÂNIA. Os voos são via Minsk ou via Riga. Devido a disputa entre Russia e Ucrânia pela Crimeia, os voos entre Moscou e Kiev foram suspensos em 2004.

10º dia–22 junho– 3a. feira–Rio de Janeiro

Chegada às 05h50min no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro.

PREÇOS POR PESSOA

TERRESTRE

  •  Apartamento Duplo:        EUR 6,800.

  •  Suplemento Individual:   EUR 1,400.

O pagamento do suplemento individual será efetuado com a última parcela

Forma de Pagamento: (em reais ao câmbio do dia)
 

  • Sinal -     EUR 2,000.

  • Dia xxx - EUR 1,200.

  • Dia xxx - EUR 1,200.

*Acréscimo sobre todas as parcelas de Imposto sobre  Remessa ao Exterior (IRRF) de 6,38% e de IOF de 0,38%

AÉREO

  • Classe Executiva Premium:    

  • Classe Econômica:                    

  • Primeira Classe:                        
     

  • Forma de Pagamento: parcelado em 05 vezes sem juros em todos os Cartões de Crédito emitidos no Brasil

  • Preços e reservas aéreas e terrestres sujeitos a confirmação e disponibilidade no momento do pagamento do sinal

  • Passagens aéreas devem ser obrigatoriamente emitidas pela MDETOURS

  • Pagamentos em reais ao câmbio do dia da emissão do bilhete

SEGURO VIAGEM

  •   

OS PREÇOS INCLUEM

  • 04 noites no BELMOND GRAND HOTEL EUROPE *****L em St Petersburg

  • 03 noites no HOTEL RITZ-CARLTON *****L em Moscou

  • Café da manhã buffet todos os dias

  • St Petersburg: city tour, visita ao Forte de São Pedro e Paulo, aos Palácios de Yusupov, Peterhof e da Catarina, a Igreja do Sangue Derramado e ao Museu do Hermitage (com entrada antecipada de uma hora antes da abertura do museu), Peterhof, e se o tempo permitir, o Palácio de Pavlov

  • Moscou: Visita ao Kremlin com 02 catedrais e ao Museu dos Diamantes (sob disponibilidade), a Praça Vermelha, ao Metrô, Galeria Tretyakov e Zagorsky

  • Trem em Primeira Classe de St Petersburg a Moscou no SAPSAN

  • Refeições: 04 almoços nos restaurantes Mansarda, Repa, Podvorie e SAPSAN (trem), e 01 jantar no restaurante White Rabbit

  • 03 ingressos para o Festival das Noites Brancas incluindo os traslados - (concerto, opera ou ballet)

  • Guia brasileiro acompanhando o grupo

  • Guia cultural falando português em todos os passeios de St Petersburg e de Moscou

  • Traslados aeroportos/hotéis/aeroportos e hotéis/estações de trem/hotéis

  • Gorjetas nos aeroportos e nos hotéis

 

O preço estará sujeito a confirmação final. Os museus não publicaram os preços dos ingressos de 2021, nem as regras para a entrada (máximo de pessoas por grupo. Os preços dos espetáculos em St Petersburg foram baseados em 2020 e poderão sofrer reajustes.

 

A programação do Festival das Noites Brancas estará disponível em março/abril 2021.

 

Os quartos nos hotéis Belmond de Grand Europe St Petersburg e Ritz Carlton de Moscow são standard, se for do interesse do passageiro, consultar o adicional para categorias superiores.

 

A visita ao Diamond Fund, estará sujeito a disponibilidade somente no dia da visita ao Kremlin.

CONDIÇÕES GERAIS

  • Os programas das viagens da MDETOURS são confeccionados com base nas Condições Gerais e Específicas que geram o Contrato entre o Fornecedor e o Usuário. Esse Contrato é confeccionado seguindo as normas do Código de Defesa do Consumidor, da Deliberação Normativa da Embratur nº 161/85.

  • Ao se inscrever nas viagens da MDETOURS o passageiro aceita todas as regras e normas do Contrato de Viagens que se encontram à disposição na sede da empresa.

  • Quanto à documentação de viagem esta é de responsabilidade do passageiro. Passaportes válidos, vistos, vacinas, documentação pessoal são de total responsabilidade do passageiro. Assim, a impossibilidade de embarque gerada por falta de documentação caracterizará cancelamento da viagem, sendo aplicadas as penalidades vigentes.

CONDIÇÕES ESPECÍFICAS DE CANCELAMENTO

  • Entende-se como cancelamento a desistência da viagem e/ou serviço contratado, bem como alterações de datas.

  • Solicitações de cancelamento da viagem ou serviços contratados deverão ser feitas por escrito e as penalidades serão aplicadas segundo a antecedência com que forem comunicadas.